quinta-feira, 20 de junho de 2019

Xiaomi encerrará o programa MIUMI Global Beta para todos os dispositivos a partir de 1 de julho


Além dos smartphones Mi A1 e Mi A2, todos os dispositivos Xiaomi executam o MIUI custom skin no topo do Android OS. Mas antes que qualquer versão estável do MIUI seja lançada para os usuários finais, a Xiaomi primeiro atualiza a versão beta (como muitos outros desenvolvedores), recebe feedback dos usuários que fazem parte do programa beta, consertar qualquer bug são vistos na atualização e, quando tudo parece bom, é finalmente implementado na forma de uma versão estável. No entanto, isso agora está definido para mudar.

Em um fórum MIUI, a Xiaomi anunciou que está planejando encerrar o programa beta e transferindo todos os seus usuários diretamente para a versão estável. A razão que a Xiaomi dá para essa mudança é a possibilidade de erros e problemas na versão beta, o que pode estragar a experiência do smartphone para alguns usuários.

Xiaomi escreve no blog , "Quanto mais modelos Mi Phone foram introduzidos no mercado, mais usuários começaram a usar o MIUI Beta através de diferentes canais. Muitas vezes, eles o usam no dia-a-dia em seus telefones principais. No entanto, MIUI Beta é feito para testes públicos e requer que o usuário tenha uma tolerância muito alta para erros e falhas. "

"O MIUI Beta não é uma forma primária de experimentar novos recursos, mas é mais um meio para os usuários experientes testarem o software e fornecerem sugestões. À medida que a experiência MIUI amadureceu, a necessidade de estabilidade está se tornando cada vez mais importante. demanda da maioria dos nossos usuários e liberar atualizações de versão estáveis ​​com mais frequência, nossa equipe de engenheiros decidiu parar de lançar a versão global do MIUI Beta para todos os dispositivos a partir de 1º de julho de 2019. "

Dito isto, a Xiaomi esclarece que a empresa continuará a se comunicar com usuários em várias plataformas e trabalhará para melhorar a versão estável do MIUI.


Além disso, a Xiaomi também disse que os usuários continuarão recebendo todas as atualizações de segurança necessárias em tempo hábil.





Fonte:c.mi e firstpost
Previous Post
Next Post

0 comentários: