quinta-feira, 6 de junho de 2019

O Google Maps agora mostrará a velocidade atual do veículo



Na verdade, é meio estranho que o Google tenha dois aplicativos de navegação completamente separados. A empresa tem o Google Maps e o Waze, os quais compartilham características e funções similares, mas ainda assim, por anos a fio, os dois aplicativos já existiam separados um do outro. No entanto, parece que o Google poderia estar perto de reuni-los.

Na última atualização do Google Maps, a empresa apresentará um novo recurso para o aplicativo de mapeamento na forma de um display que mostra a velocidade atual do veículo. Isso significa que, se você estiver usando o Google Maps para navegar até um local, o aplicativo também poderá dizer o quão rápido você está dirigindo.

Considerando que não foi há muito tempo que o Google começou a disponibilizar a capacidade de os usuários reportarem armadilhas de velocidade , os usuários poderão agora verificar sua velocidade enquanto dirigem por rotas que foram marcadas com armadilhas de velocidade. Claro, sempre é possível verificar o velocímetro em seus carros para ver o quão rápido eles estão dirigindo, mas essa é outra opção que vale a pena conferir.

Infelizmente, o recurso não estará disponível para todos os usuários em todos os países ainda. Até agora, apenas a Argentina, Austrália, Bélgica, Brasil, Canadá, República Tcheca, Portugal, Suécia, Reino Unido e Estados Unidos receberão o recurso por enquanto, mas esperam que eventualmente ele chegue a outros mercados.






Previous Post
Next Post

comentários

/** * RECOMMENDED CONFIGURATION VARIABLES: EDIT AND UNCOMMENT THE SECTION BELOW TO INSERT DYNAMIC VALUES FROM YOUR PLATFORM OR CMS. * LEARN WHY DEFINING THESE VARIABLES IS IMPORTANT: https://disqus.com/admin/universalcode/#configuration-variables*/ /* var disqus_config = function () { this.page.url = PAGE_URL; // Replace PAGE_URL with your page's canonical URL variable this.page.identifier = PAGE_IDENTIFIER; // Replace PAGE_IDENTIFIER with your page's unique identifier variable }; */ (function() { // DON'T EDIT BELOW THIS LINE var d = document, s = d.createElement('script'); s.src = 'https://weeknow.disqus.com/embed.js'; s.setAttribute('data-timestamp', +new Date()); (d.head || d.body).appendChild(s); })();

0 comentários: