domingo, 2 de junho de 2019

Luva com embalagem de sensor pode ajudar os computadores a identificar objetos por toque


Construídos em nossas mãos estão nervos que enviam sinais ao cérebro para que ele saiba o que estamos tocando. Por exemplo, ele permite que nosso cérebro saiba se um objeto que tocamos está frio, é difícil, software, adiado e assim por diante. No entanto, como se transmite esse tipo de informação para um computador que não vem com nervos semelhantes?

de acordo com os pesquisadores do MIT, talvez a resposta esteja na simulação de nervos, na qual eles criaram uma luva cheia de sensores que pode ajudar a ensinar os computadores a identificar objetos pelo toque.
Apelidado de "luva tátil escalável", esta é uma luva que contém 550 sensores minúsculos embutidos, com cada sensor projetado para gravar sinais de pressão.

Isso significa que, dependendo de como captamos um objeto e de onde estão os vários pontos de pressão, essa informação pode ser usada para ajudar os computadores a identificar objetos. 
Por fim, permitira ao computador classificar objetos e prever seu peso sem necessidade de entrada visual. Até agora, os pesquisadores tiveram algum sucesso com a luva, onde foi capaz de identificar um conjunto de dados que eles compilaram com 76% de precisão. Isso também é mais eficiente e econômico em comparação com outros sistemas, onde essa luva foi feita usando materiais disponíveis por apenas US $10.

Em última análise, essa informação poderia ser usada para ajudar a treinar computadores sobre como manter certos objetos, entendendo como nós, como seres humanos, os mantemos. Isso significa que no futuro poderá levar a próteses mais ágeis ou criar próteses projetadas para tarefas específicas.




Fonte: Mit News  

Previous Post
Next Post

0 comentários: