sexta-feira, 14 de dezembro de 2018

Principais noticias dessa semana

Netflix começa a testar replay instantâneo de cenas e não agrada usuários

Resultado de imagem para netflix

Sabe quando você está assistindo a uma série e, sabe-se lá o porquê, a sua imaginação voa e você perde o fio da meada? Pois bem, a Netflix quer dar uma forcinha para você recuperar o foco. A companhia de streaming agora tem um mecanismo que permite ao usuário dar um replay rápido na última cena para voltar à imersão do seriado.

A empresa informou ao LA Times que está testando a novidade com alguns usuários e séries, em uma ferramenta chamada de “veja esta cena novamente”. A proposta é fazer com que você precise apertar apenas um botão para voltar ao início da cena, sem que precise efetivamente voltar pela barra de busca do episódio.

“Em teoria, você poderia revisitar uma batalha épica ou uma piada muito engraçada sem ter que procurar pelo início ou buscar um clipe no YouTube”, explica a empresa, em nota.


Divisão móvel da Sony está em apuros e demitirá 200 funcionários

Resultado de imagem para sony empresa

A divisão móvel da Sony tem enfrentado problemas e a empresa precisa reduzir custos. As operações da Sony Mobile em Lund, na Suécia, já foram impactadas. A companhia anunciou nesta quarta-feira (12) planos para cortar cerca de 200 de seus 800 funcionários que atuam na divisão de tecnologias móveis. O intuito é conseguir reduzir os custos do segmento à metade ainda nos próximos anos.

“Está claro que Lund será afetado pela redução de custos. Mas como vai ser e que tipo de custos serão, ainda não podemos afirmar, porque o trabalho ainda está em andamento para examinar todos os componentes de custos”, afirmou Stefan Olsson, vice-presidente das operações da Sony em Lund. "No momento, 200 empregos precisarão ser fechados, mas esperamos que o número seja inferior a isso. Em todo caso, os indivíduos serão notificados em março de 2019", completou o executivo.

Em 2015, mil funcionários de cargos administrativos e técnicos da Sony em Lund foram demitidos como parte de uma reestruturação corporativa em busca de maior lucratividade, sob supervisão de Hiroki Totoki, chefe da Sony Mobile contratado em outubro de 2014.

A Sony Mobile, que anteriormente formava uma joint venture com a sueca Ericsson, já foi uma das principais fabricantes de celulares no passado. Para tentar se firmar no mercado, passou a adotar estratégias de venda de aparelhos a preços mais competitivos, mas as perdas continuaram e a divisão nunca conseguiu se recuperar e voltar à posição de destaque que ocupava.

Senhas mais usadas de 2018 mostram que as pessoas não se importam com segurança

Resultado de imagem para senhas

Quase todos os dias falamos por aqui sobre vazamentos de informações, problemas de segurança e, principalmente, dicas para proteção de contas contra invasões e mal-uso. Uma pesquisa da SplashData, entretanto, indicou que as pessoas ainda não estão nada preocupadas com isso, mantendo senhas como “123456” e “password” como as mais usadas por mais um ano.

Os dados são publicados anualmente pela consultoria e obtidos a partir de vazamentos de dados dos serviços mais populares. De acordo com a empresa, foram cinco milhões de senhas de usuários comprometidas ao longo de 2018 e as duas citadas ganharam medalha de ouro e prata em insegurança pelo quinto ano consecutivo. No terceiro lugar, entretanto, houve mudança, com “123456789” levando o bronze que antes era de “12345678”.

Brincadeiras à parte, a listagem exibe um panorama perigoso quanto à segurança de boa parte das contas online, com a esmagadora maioria das combinações disponíveis entre as 25 mais sendo repetições de números ou sequências de acordo com a ordem dos botões do teclado. “111111”, por exemplo, ficou com o sexto lugar, enquanto “qwerty” aparece na nona colocação e “abc123” na 15ª.

O ideal é tentar ser o mais aleatório possível nas senhas, usando geradores e gerenciadores desse tipo de coisa, de preferência. Além disso, jamais utilize as mesmas credenciais em mais de um serviço, pois caso as informações de um acabem vazando, todos os outros acabarãoo se tornando vulneráveis. Os hackers sabem muito bem disso, inclusive.

Fonte:Canal Tech

Previous Post
Next Post

comentários

/** * RECOMMENDED CONFIGURATION VARIABLES: EDIT AND UNCOMMENT THE SECTION BELOW TO INSERT DYNAMIC VALUES FROM YOUR PLATFORM OR CMS. * LEARN WHY DEFINING THESE VARIABLES IS IMPORTANT: https://disqus.com/admin/universalcode/#configuration-variables*/ /* var disqus_config = function () { this.page.url = PAGE_URL; // Replace PAGE_URL with your page's canonical URL variable this.page.identifier = PAGE_IDENTIFIER; // Replace PAGE_IDENTIFIER with your page's unique identifier variable }; */ (function() { // DON'T EDIT BELOW THIS LINE var d = document, s = d.createElement('script'); s.src = 'https://weeknow.disqus.com/embed.js'; s.setAttribute('data-timestamp', +new Date()); (d.head || d.body).appendChild(s); })();

0 comentários: