quarta-feira, 24 de outubro de 2018

Modelo debaixo d’água

 A artista visual Christy Lee Rogers experimenta há anos com o efeito da luz debaixo da água. Os críticos comparam suas fotografias com as pinturas dos maestros do período Barroco. Em seu último trabalho, Musas, mergulha entre nós de corpos e tecidos para dotá-los de uma expressividade surreal.


Uma fotografia que faz as pessoas confundirem com pintura!

Parecem telas de algum mestre barroco com domínio do claroscuro. Mas o que se vê nestas imagens é real, cenas recriadas debaixo da água pela artista visual havaiana Christy Lee Rogers. Seu processo criativo é frágil e trabalhoso. De tentativa e erro. Com pessoas reais que prendem a respiração e se movem de modo desajeitado. Sem pós-produção. Com muita paciência. Ela fotografa sempre à noite e o poder expressivo de suas fotos reside justamente na luz, na curvatura e refração provocadas pela diferente densidade ótica no ar e na água. As fotografias deste ensaio correspondem a seu último trabalho, a série Musas.


Christy Lee Rogers expôs seus trabalhos submarinos em galerias do mundo inteiro, de Paris a Xangai. Mais que imagens, suas obras parecem poemas visuais sobre a vulnerabilidade humana, nós de corpos e tecidos flutuando em meio ao nada. Em alguma ocasião, a artista explicou sua paixão pelo meio aquático: “Cresci em uma ilha no meio do oceano Pacífico. A água representa a pureza; e um corpo submerso nela, sem gravidade, mas preso pela impossibilidade de respirar, é uma dicotomia que me consome”.


Fonte: El País
Previous Post
Next Post

Idealizador e mantenedor do blog Ubunters desde 2014. Sou amante de Web Design e trabalho com sites e blogs desde 2012, entusiasta de informática desde criança comecei a me interessar por Linux desde cedo, depois disso não parei mais. O Blog nasceu da vontade de divulgar notícias de tecnologia e open-source.

0 comentários: