segunda-feira, 11 de abril de 2016

Curiosidades: Nemo e Nautilus

Como todo mundo sabe, o nautilus e o nemo são navegadores de arquivos de várias distros baseadas no debian, como o ubuntu e seus derivados por exemplo, pra quem não sabe, estes dois programas tem nomes herdados do livro de ficção intitulado de 20 mil léguas submarinas. Onde o capitão nemo cria sua obra de arte, o Náutilos, que era um submarino bem potente e mega engenhoso, com muitos recursos avançados que navegava pelas profundezas dos mares.


Como o Windows possui o Windows Explorer como navegador de arquivos, o ubuntu e suas variações possui o nautilus.

 Nautilus - Júlio Verne - Navegador de Arquivos
O Nautilus, é um molusco que possui uma espécie de concha muito peculiar. Um nome propício para um navegador de arquivos.



Já o nemo, é um fork do gerenciador de arquivos nautilus, neste sentido seria uma espécie de herdeiro. Portanto o Nemo (navegador de arquivos) tem uma relação direta com o Nautilus.



Fonte: ubuntu iniciantes






Previous Post
Next Post

Idealizador e mantenedor do blog Ubunters desde 2014. Sou amante de Web Design e trabalho com sites e blogs desde 2012, entusiasta de informática desde criança comecei a me interessar por Linux desde cedo, depois disso não parei mais. O Blog nasceu da vontade de divulgar notícias de tecnologia e open-source.

comentários

/** * RECOMMENDED CONFIGURATION VARIABLES: EDIT AND UNCOMMENT THE SECTION BELOW TO INSERT DYNAMIC VALUES FROM YOUR PLATFORM OR CMS. * LEARN WHY DEFINING THESE VARIABLES IS IMPORTANT: https://disqus.com/admin/universalcode/#configuration-variables*/ /* var disqus_config = function () { this.page.url = PAGE_URL; // Replace PAGE_URL with your page's canonical URL variable this.page.identifier = PAGE_IDENTIFIER; // Replace PAGE_IDENTIFIER with your page's unique identifier variable }; */ (function() { // DON'T EDIT BELOW THIS LINE var d = document, s = d.createElement('script'); s.src = 'https://weeknow.disqus.com/embed.js'; s.setAttribute('data-timestamp', +new Date()); (d.head || d.body).appendChild(s); })();

0 comentários: